Se lembra de quando eu fui embora? Pois é. Eu queria que você corresse atrás de mim. Se lembra daquela vez em que disse que estava tudo bem? Eu queria que você me perguntasse só mais uma vez. Que dissesse que me conhecia, que sabia que não estava tudo bem. Se lembra de todas aquelas noites em que te ligava pra dar boa noite? Eu queria poder estar ao seu lado e dizer isso olhando nos seus olhos. Se lembra de todas as brigas em que me fiz de indiferente? Eu me importava. Até demais. Queria pedir desculpa, queria muito. Se lembra de todos nossos sorrisos? Guardo eles pros dias que a saudade aperta. Se lembra quando eu dizia que achava tal música linda? Eu queria dizer que ela era nossa música. Se lembra de quando eu passava o dia sem dar notícias? Eu estava tentando não parecer tão apaixonado. Se lembra quando eu dizia que gostava muito de você? Eu queria dizer que te amava. Muito. Com todas minhas forças. Se lembra quando eu estava a ponto de desistir de tudo? Eu só queria que você pegasse minha mão e prometesse que iria comigo até o fim. Se lembra de todas vezes em que dizia que tu era uma invencível, que só me machucava? Eu queria dizer que você era o amor da minha vida. Se lembra de quando eu fui embora? Pois é. Você não veio.
Recontador. (via recontador)
Quem ama uma vez, não deixa de amar.
Recontador. (via recontador)
Não é bacana ser orgulhoso. Não é bacana morrer de vontade de falar, ver ou sentir alguém e não colocar isso para fora. Se mostrar forte, mas ter o mesmo pensamento quando acorda e quando dorme. Dizer para todo mundo que esqueceu quando nem você mesmo se convenceu. Lembrar com a cabeça no travesseiro ou o olhar congelado na estrada. Ouvir a música e conseguir sentir o cheiro. Ir ao restaurante e lembrar da mesa de sempre. Ver a foto e sentir aperto. Ligue, chame, mande uma mensagem, apareça sem avisar. Não há deslize ou vacilo que impeça você de tentar. Se a sua sinceridade não for bem recebida, acontece. Toda decepção vale o alívio. Não é bacana engolir a saudade. Sério, orgulho dá gastrite.
Recontador. (via recontador)
Não existe nada melhor do que ter alguém que acredite em você. Alguém que acredite que você pode mudar. Alguém que não suporte a ideia de te perder.
Recontador. (via recontador)
Escolhi apagar você da minha vida porque pensava que assim encontraria a felicidade. Criei rituais pra suprir a tua falta, desenhei teu caminho de volta por todo meu corpo, repeti nosso diálogo final como um rádio quebrado, fujo do seu nome como quem foge do contato com uma pessoa pesteada, rasguei todas as roupas que possuíam teu cheiro, não conjugo mais amor e teu nome na mesma frase, refiz todos os meus caminhos para não correr o risco de te encontrar, queimei a única foto que tínhamos juntos, meu guarda roupas se tornou a representação de tudo que tu abomina. Eu aprendi infinitas maneiras para escapar do nosso relacionamento e de qualquer outro envolvimento que eu possa ter com uma pessoa já que o simples fato de pensar que isso pode acontecer mais uma vez me causa urticaria porque só eu sei o peso da cruz que ainda carrego por você. Os sábios afirmam que todo ser humano é mero conjugador que fique aqui registrado que até minhas conjugações você levou.

Eu desaprendi a conjugar amor.

(via recontador)

(Fonte: morbidavel)

De qualquer forma você me fazia suspirar por fora e por dentro, provocava aquele frio na barriga de tensão e nervosismo ao se aproximar. Você era o frio vazio de um coração.
Sorry, I’m not guilty. (via recontador)

(Fonte: expressao)

Estou escrevendo nesta carta, toda a verdade sobre o que aconteceu. E a verdade é que, porra, eu te amei demais.
Por isso a gente acabou.   (via revejo)

(Fonte: nobroke)

THEME